POLÍTICA

Escritor palmeirense Manoel Herzog protesta contra presença de Bolsonaro no Allianz Park

Autor se desfaz de souvenires palmeirenses em vídeo postado nas redes sociais, em completo silêncio

O escritor Manoel Herzog, classificado em 2º lugar na edição de 2018 da categoria romance do prêmio da Fundação Biblioteca Nacional, com a obra A Jaca do Cemitério É mais Doce (Alfaguara), publicou três vídeos ontem (3) no Facebook em que protesta contra a presença do presidente eleito Jair Bolsonaro na comeração do título do Palmeiras, no Campeonato Brasileiro deste ano.

Bolsonaro não apenas assistiu à partida, como recebeu a taça relativa ao campeonato junto com os jogadores do time. Também participou da cerimônia de entrega das medalhas aos atletas.

Nos vídeos, publicados na página de seu pseudônimo, Germano Quaresma (que assina o livro Mais cento e oito sonetos, lançado neste ano pela editora Patuá), mostra o processo de jogar no lixo souvenires relacionados ao clube paulistano. No primeiro trecho, Herzog aparece atirando os objetos no lixo de sua casa; no segundo, desce lentamente as escadas; finalmente, no terceiro, joga a sacola com os suvenires numa lixeira pública.

Durante o vídeo, Herzog nada diz. O seu gesto de protesto é puramente visual. Veja a sequência completa:



 

Destaques