LIVROS

Livro "Cultura e Poder" analisa as relações culturais entre o Novo Mundo e o continente europeu

A obra analisa, em uma série de artigos, a questão identitária brasileira frente às influências europeias

Cultura e Poder entre o Império e a República: estudos sobre os imaginários brasileiros (1822-1930)

O século XIX nos interroga hoje pela intensidade das transformações que atravessaram a experiência humana no Velho e no Novo Mundo, transformações que reconfiguraram as relações próprias do Antigo Regime em um complexo sistema de hierarquias reiteradas e de identidades compartilhadas.

Esse livro de artigos tenta buscar elementos de definição de um perfil distinto para as nações do Novo Mundo e, ao mesmo tempo, caminhar no sentido de integrar essas nações no sistema internacional que emergiu do remanso da maré revolucionária europeia. No Brasil, como em outras nações do continente, o desafio incontornável da definição de uma identidade própria, cristalizado nas múltiplas manifestações artísticas desse tempo, era assim, articulado a seu par dialógico – a necessidade de se mirar através dos olhos dos cânones que emanavam das matrizes civilizatórias europeias. De ambos emergia a urgência de traduzir a nova nação nas linguagens compreensíveis pelo público letrado interno e também pelos leitores do velho continente, matriz da civilização à qual as novas elites almejavam pertencer.

Para responder a essas urgências os homens de letras tiveram que manejar as ferramentas intelectuais que lhes eram próprias – a cultura escrita e as sociabilidades a ela pertinentes, ressignificando também o lugar dos objetos visuais.

Os artigos que compõem o livro procuram pensar o “longo século XIX” brasileiro a partir de seus próprios repertórios culturais, para melhor compreender sua ainda fértil presença em nosso próprio imaginário contemporâneo.

Sobre as organizadoras:

Ana Beatriz Demarchi Barel é professora de Literaturas de Língua Portuguesa e Teoria Literária da Universidade Estadual de Goiás. Doutora em Letras pela Université Paris III Sorbonne Nouvelle. Realizou Pós-Doutorado na Fundação Casa de Rui Barbosa e no IEB-USP e Residência em Pesquisa na Biblioteca Mindlin - USP. Leitora do Governo Francês na Université de Nantes e ATER das Universités d’Amiens e de Toulouse.

Wilma Peres Costa é historiadora, Professora de História de Brasil Império na Universidade Federal de São Paulo. Doutorada em Sociologia pela USP, realizou estudos pós-graduados no University College London e o Pós-Doutorado na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS, Paris) em 2001 e 2017, onde tem desenvolvido pesquisas sobre as relações intelectuais entre o Brasil e a França no século XIX.

O livro já está disponível na loja online da Alameda Editorial

Confira