LIVROS

Livro 'A ficção e a realidade' analisa Peri como mito indígena

A obra discute como o heroi de 'O guarani' fundou o imaginário popular sobre o índio brasileiro

A investigação empreendida por Rodrigo Estramanho de Almeida em A ficção da realidade:  revela o processo de construção de um dos romances mais populares do país: O Guarani, de José de Alencar.

Através de pesquisa ampla e instigante, o autor percorreu diferentes linguagens para entender como uma obra publicada em 1857 foi responsável pela construção de um mito nacional.

O personagem central da obra, Peri, é criação de Alencar que pouco tem a ver com o indígena brasileiro, mas está presente no imaginário nacional e frequentemente mistura realidade e ficção, legando-nos a imagem do índio heroico e convertido ao cristianismo. A ficção vence a realidade.

Por que é tão importante para nós brasileiros a compreensão em torno de algumas imagens mitológicas como as de Peri? O que essa construção diz a respeito de nossa cultura política, de nosso pensamento social? Para responder a essas e outras perguntas, o  autor analisa o processo pelo qual a obra passou a compor o imaginário brasileiro, cristalizando uma visão de mundo sobre os povos originários e influenciando na percepção que temos sobre eles.

A leitura de A ficção da realidade: sociologia de "O Guarani" de José de Alencar contribui, enfim, para a reflexão sobre o Brasil em uma direção que quer desconstruir mitos há muito cristalizados, nos dando uma compreensão mais crítica do processo histórico nacional.

Sobre o autor: Rodrigo Estramanho de Almeida nasceu em 1982, em São Paulo. É bacharel em Sociologia e Política, mestre e doutor em Ciências Sociais. Atualmente é professor na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) e pesquisador no Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política (NEAMP) da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). É autor de A realidade da ficção (2012), também publicado pela Alameda, além de Maria das Almas (B4, 2014), entre outros livros e ensaios.

Confira