Opinião

  • Sobre violências e direitos humanos: o papel da educação em tempos sombrios

    O acirramento político e ideológico dos últimos tempos fez emergir vozes tenebrosas que renegam princípios basilares como os direitos humanos

  • As bibliotecas públicas não estão vazias

    Falta muito e muita coisa tem que melhorar aqui na Biblioteca Monteiro Lobato de São Bernardo do Campo, mas morta decadente e sem pertinência social ela não está mesmo.

  • Para pensar o nazismo: o poder do médico alemão

    Ao revelar, ao mesmo tempo, o terror e a sedução do nazismo, o filme ‘O Médico Alemão’ é altamente educativo e pode ser usado em sala de aula para discutir história, relações raciais e ética científica

  • Antonio Cândido, literatura & educação

    Em suas lições, mestre ensinou que contos e romances, HQs, adivinhas, telenovelas, ditados e poemas são formas de responder uma necessidade humana básica: compreender o sentido do mundo

  • Fim do imposto obrigatório vai acabar com os sindicatos?

    Mesmo que o sindicato não receba contribuição, ele ainda é o responsável legal pelas negociações que, a partir de agora, prevalecerão sobre o legislado; sem poder econômico, a tendência é uma submissão cada vez maior às vontades patronais

  • Afinal, o que os brasileiros precisam saber?

    Chegamos a este caótico ano de 2017 com o risco de vermos aprovado por um governo profundamente desacreditado uma BNCC que certamente não foi debatida adequadamente

  • A esperança é Verde

    As cores do time do oeste catarinenses foram escolhidas em razão do Palmeiras; muitos falam, mas não sabem a força que tem o significado do verde

  • Educação, conflitos religiosos e étnicos no sertão de São Paulo

    Divergências entre protestantes e católicos estão na origem do povoado de Iepê e deixaram marcas na geografia da cidade

  • Diante da democracia, talvez seja melhor esquecer a matemática

    Fetiche pela matematização, que pode ser útil em muitos contextos, mas que também tende muitas vezes a chapar fenômenos complexos e reduzir a multicausalidade dos processos sociais

  • Será que queremos ser iguais aos homens? Sobre feminismo e falocentrismo

    O grande barato do feminismo é o acolhimento de mil vozes, é a solidariedade entre mulheres e o exercício da escuta, que situa a fala, mas jamais silencia ou cerceia

  • E se as crianças vestidas de gari cantassem 'como será o amanhã?'

    Na escola de aplicação da Universidade Federal do Pará, crianças também se fantasiaram de garis e domésticas; mas junto com outras, vestidas de médicos e cientistas, em uníssono cantavam célebre samba-enredo de 1978

  • A Cracolândia acabou? 5 perguntas para entender a questão

    Pesquisadores da USP e Unicamp publicam posicionamento frente ao suposto fim da Cracolândia

  • Comprar dólar com conhecimento de fato privilegiado é crime financeiro

    JBS lucrou mais de 10% com a valorização da moeda estrangeira em somente uma tarde

  • Nas eleições francesas deste domingo, o futuro em jogo

    Marine Le Pen não deverá ganhar as eleições desse domingo mas ela e seu partido podem se transformar na grande força de oposição ao governo do jovem Macron

  • Não falar sobre suicídio nunca salvou ninguém

    Não é impossível que um jovem cometa suicídio após assistir a série, mas a probabilidade é a mesma de alguém pular de um prédio para o outro depois de ver o Homem-Aranha

Destaques