MEC

MEC libera R$ 10,8 milhões para o Hospital São Paulo, da Unifesp

Cerca de 14 mil pessoas deixaram de ser atendidas no pronto-socorro, segundo dados da instituição

O MEC (Ministério da Educação) anunciou nesta terça-feira (15/08) a liberação de R$ 10,8 milhões para o Hospital São Paulo, vinculado à Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Segundo o ministério, a medida vai garantir recursos orçamentários tanto para o atendimento à população no hospital universitário quanto para regular a continuidade dos programas de ensino e pesquisa da área da saúde da universidade.

“Estamos bastante otimistas, agora que vamos ter esses recursos, para saldar dívidas e continuar nossa trajetória. Isso vai ajudar bastante na área do ensino, pesquisa e assistência na cidade de São Paulo”, disse a reitora da Unifesp, Soraya Smaili. Ainda de acordo com ela, quase 100% dos pacientes atendidos pelo Hospital São Paulo atualmente são oriundos do SUS (Sistema Único de Saúde).

Apenas na primeira quinzena de abril, cerca de 14 mil pessoas deixaram de ser atendidas no pronto-socorro do Hospital São Paulo, segundo dados da instituição. A restrição de serviços foi feita em razão de uma crise financeira.

“Essa liberação [de recursos] mostra nossa prioridade na preservação do bom funcionamento das universidades federais, entendendo-se, também, as unidades que formam profissionais de saúde e atendem pessoas de baixa renda”, disse o ministro Mendonça Filho, durante reunião com a reitoria da Unifesp.

Desde que foi criado, em março de 2015, o Painel Acadêmico só cresceu. Enfrentando diversas dificuldades, conquistamos todos os dias novos leitores com nossa produção jornalística independente e linha editorial de permanente defesa do acesso ao conhecimento de qualidade para todos os brasileiros. Para seguir com a missão não só de informar sobre os principais acontecimentos na área, mas sobretudo de diminuir a distância entre a produção acadêmica e o grande público, precisamos da sua ajuda.
Saiba como apoiar nosso projeto jornalístico independente sobre Educação.
Quem contribui ganha livros e descontos:

Destaques