1933-2017

USP decreta luto pela morte da jurista Ada Pellegrini Grinover

Nascida em Nápoles, na Itália, Ada foi a primeira doutora formal da Faculdade de Direito da USP

Faleceu na noite desta quinta-feira (13/7) a jurista e professora da Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo), Ada Pellegrini Grinover. A Reitoria decretou luto oficial na Universidade nos dias 14, 15 e 17 de julho.


Saiba mais sobre nossa campanha de assinatura solidária; além de nos apoiar, você também ganha recompensas

O Tribunal de Justiça de São Paulo e o Ministério Público de São Paulo também divulgaram notas de pesar lamentando o falecimento.

Ada Pellegrini Grinover nasceu em Nápoles (Itália), em 1933, e graduou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da USP, em 1958. A jurista foi a primeira doutora formal da Faculdade de Direito da USP, com a tese “Ação declaratória incidental”, defendida em 15 de maio de 1970. Tornou-se professora livre-docente em 1973.

Era professora titular de Direito Processual Penal e orientadora de Mestrado e de Doutorado. Foi pró-reitora de Graduação da USP na gestão do reitor Jacques Marcovitch (de 1997 a 2001). Também foi presidente do Instituto Brasileiro de Direito Processual e vice-presidente da International Association of Procedural Law e do Instituto Iberoamericano de Derecho Procesal.

Atuou como chefe da Consultoria Jurídica da Secretaria de Justiça do Estado de São Paulo e como procuradora do Estado. Publicou uma extensa lista de artigos, livros e capítulos de livros nacionais e estrangeiros na área do Direito.

Foi agraciada, na Itália, com o título de Doutora Honoris Causa pela Universidade de Milão e com o prêmio da Fundação Redenti, da cidade de Bolonha, em 2007. Desde 2002, era membro da Academia Paulista de Letras, ocupando a cadeira nº 9.

O velório será realizado a partir das 18h de hoje (14/07) e segue pela manhã do sábado, no Cemitério São Paulo (Rua São Carlos do Pinhal, 376, Bela Vista, em São Paulo). A cerimônia de cremação será realizada amanhã (15/07), às 15h, no Cemitério e Crematório Horto da Paz, localizado na R. Horto da Paz, 191, em Itapecerica da Serra.

Desde que foi criado, em março de 2015, o Painel Acadêmico só cresceu. Enfrentando diversas dificuldades, conquistamos todos os dias novos leitores com nossa produção jornalística independente e linha editorial de permanente defesa do acesso ao conhecimento de qualidade para todos os brasileiros. Para seguir com a missão não só de informar sobre os principais acontecimentos na área, mas sobretudo de diminuir a distância entre a produção acadêmica e o grande público, precisamos da sua ajuda.
Saiba como apoiar nosso projeto jornalístico independente sobre Educação.
Quem contribui ganha livros e descontos:

Destaques