REPERCUSSÃO INTERNACIONAL

Foto de pesquisa brasileira é destaque na Sociedade Americana de Óptica

Imagem escolhida demonstra o mapeamento de campos magnéticos com um dispositivo óptico, em pesquisa da USP

Foto: Reprodução/ Jornal da USP

Padrão obtido na dispersão de luz em ferrofluidos submetidos a um campo magnético, usando caleidoscópio para observar influência da formação de padrões em vários ângulos

Uma foto realizada na pesquisa do professor Alberto Tufaile, do Laboratório de Matéria Mole da Each (Escola de Artes, Ciências e Humanidades) da USP, acaba de ser escolhida como imagem da semana no site Optics and Photonics da Sociedade Americana de Óptica. A foto, que demonstra o mapeamento de campos magnéticos com um dispositivo óptico, pode ser vista neste link.

A imagem foi feita durante pesquisa que desenvolveu um dispositivo óptico, em parceria com a empresa Ferrocell (Estados Unidos), que permite polarizar a luz utilizando campos magnéticos. Deste modo, é possível mapear campos magnéticos de uma forma simples e rápida, uma necessidade que está se tornando cada vez mais comum devido ao uso de super ímãs. A foto escolhida mostra um padrão obtido com dispersão de luz em ferrofluidos submetidos a um campo magnético, utilizando um caleidoscópio para observar a influência da formação de padrões para diferentes ângulos.


Página da Sociedade Americana de Óptica, com a imagem produzida pelo professor Alberto Tufaile da Escola de Artes, Ciências e Humanidades

O estudo em que foi realizada a foto é descrito no artigo Light Polarization Using Ferrofluids and Magnetic Fields, publicado na revista científica Advances in Condensed Matter Physics.

Destaques

Últimas notícias