EX-PRIMEIRA-DAMA

Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais cria bolsa em homenagem a Marisa Letícia

Clacso oferece 100 bolsas totais para cursos de especialização; vagas são voltadas para mulheres de países da América Latina e Caribe

O Clacso (Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais) anunciou o lançamento da Bolsa Marisa Letícia da Silva. Em homenagem a ex-primeira dama, o Conselho oferece 100 vagas gratuitas em quatro cursos de especialização para mulheres de qualquer país da América Latina e do Caribe.

Divulgação

Clacso lembrou que Marisa Letícia liderou manifestações contra a prisão de Lula na ditadura militar

“Com estas bolsas, o Clacso homenageia tantas mulheres latino-americanas que, como Marisa Letícia, lutam cotidianamente, de forma silenciosa e quase sempre anônima, em defesa da democracia, da justiça social e da igualdade”, anunciou o Conselho.

As vagas para bolsistas são para os cursos de Políticas Públicas e Justiça de GêneroPolíticas Públicas para a Igualdade na América LatinaEpistemologias do Sul; e Direitos Humanos e Estudos Críticos do Direito.

Metade das vagas serão destinadas, prioritariamente, a mulheres brasileiras, que exerçam a função de docente ou pesquisadora. Mulheres que demonstrem dificuldades financeiras também contarão com prioridade na seleção.

Esposa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, Marisa Letícia foi primeira-dama do Brasil entre os anos de 2003 e 2010. Após sofrer um acidente vascular cerebral provocado pelo rompimento de um aneurisma, Marisa morreu na última sexta-feira (3/2).

Para mais informações sobre os cursos, clique neste link. 

Desde que foi criado, em março de 2015, o Painel Acadêmico só cresceu. Enfrentando diversas dificuldades, conquistamos todos os dias novos leitores com nossa produção jornalística independente e linha editorial de permanente defesa do acesso ao conhecimento de qualidade para todos os brasileiros. Para seguir com a missão não só de informar sobre os principais acontecimentos na área, mas sobretudo de diminuir a distância entre a produção acadêmica e o grande público, precisamos da sua ajuda.
Saiba como apoiar nosso projeto jornalístico independente sobre Educação.
Quem contribui ganha livros e descontos:

Destaques