EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

MEC fará consulta pública e deverá reestruturar Enem já em 2017

Após decisão da pasta de evitar aplicação em escolas ocupadas, provas deste ano registraram abstenção de mais de 30%

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deverá passar por reestruturação a partir do próximo ano. Já em janeiro de 2017, o MEC (Ministério da Educação) realizará consulta pública para aprimorar as edições de 2017 e 2018 do exame.

“Nós dependemos de uma discussão que seja madura, tenha suporte técnico e que atenda aos interesses dos jovens e daqueles que sonham com o Enem como caminho para acessar um curso superior no Brasil”, disse o ministro Mendonça Filho, durante coletiva de imprensa após o término da segunda etapa do Enem 2016.

Nesta edição, o Enem teve que ser realizado em duas etapas, devido à decisão do MEC de adiar a aplicação das provas por conta da ocupação de escolas por alunos contrários à aprovação da PEC do Teto de Gastos e da MP do Ensino Médio.

Na primeira aplicação, nos dias 5 e 6 de novembro, 5.848.619 pessoas tiveram o direito de participar das provas. Na segunda fase, realizada dias 3 e 4 de dezembro, 277.657 inscritos puderam fazer o exame. O Inep investiu R$ 10,5 milhões na segunda aplicação do Enem 2016.

A abstenção final nas duas aplicações ficou em 30,4%, o que gerou um custo de R$ 236 milhões. “É dinheiro do cidadão”, lamentou a presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Maria Inês Fini. “Esses números foram altos em decorrência das situações específicas que o Inep precisou atender para garantir que nenhum candidato fosse prejudicado”, explicou.

A segunda aplicação do Enem 2016 terminou neste domingo (4/12) sem registro de ocorrências na logística de aplicação. Somente oito candidatos foram eliminados pelo descumprimento de regras gerais do edital.

Desta vez, nenhum candidato foi eliminado por haver recusado a coleta do dado biométrico ou por estar portando equipamentos proibidos identificados por meio de detector de metal. “Esses números demonstram a eficácia das medidas de segurança adotadas a partir deste ano”, avaliou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

O Inep divulgará o gabarito oficial dos dois dias de prova na quarta-feira, 7. O documento estará disponível para download no portal do Inep e no aplicativo Enem 2016. O resultado final, para todos os candidatos, está previsto para 19 de janeiro de 2017.

(*) Com informações do MEC.

Destaques

Últimas notícias