#ESCOLADEMOCRÁTICA

Miguel Minhoto: 'Escola Sem Partido é para treinar robô; humanos precisam de educação'

No Dia do Biólogo, assista vídeo com Miguel José Minhoto, professor de Biologia há 37 anos que está no décimo primeiro vídeo da série produzida pelo Painel Acadêmico

Professor de Biologia, no ensino médio e superior, há 37 anos, Miguel José Minhoto acredita que a escola é um lugar para discussão e aprendizado. Mestre em Biologia Celular e Estrutural pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), ele está no décimo primeiro vídeo da série #EscolaDemocrática, produzida pelo Painel Acadêmico.

“A escola é para as pessoas. Elas têm necessidade de serem educadas. Elas têm necessidade de aprender a pensar. Para ter o livre arbítrio da escola. Escolherem aquilo que acharem melhor para elas”, afirma Minhoto.

O professor, que hoje atua no campus de São Paulo do Instituto Federal, acredita o aprendizado depende de uma boa discussão não só em matérias como história ou geografia, mas também em biologia.

“Escola é um lugar para discussão e aprendizado. Tanto do corpo docente quanto do corpo discente. É impossível ensinar história, geografia, literatura ou biologia sem uma boa discussão. Principalmente biologia, para mostrar o momento histórico que a humanidade vivia”, afirma. “Sou totalmente contra uma Escola Sem Partido. Uma Escola Sem Partido é para treinar robô. Seres humanos precisam de educação”, completa.

#EscolaDemocrática

O site Painel Acadêmico acredita que o Escola Sem Partido – que mistura uma ação militante na sociedade com a apresentação por parlamentares em níveis municipais, estaduais e federal de projetos de lei com conteúdos semelhantes –, longe de trazer equilíbrio para a sala de aula, levará a um progressivo encolhimento do espaço de conhecer e aprender.


Miguel José Minhoto, professor de Biologia, nos ensinos médio e superior, há 37 anos

Para explicar como isso pode acontecer, iniciamos no último dia 18 a publicação de depoimentos de diferentes atores do espaço escolar e acadêmico sobre o projeto.

Nos próximos dias, continuaremos com a divulgação dos vídeos, abordando diferentes posições. Como se poderá constatar, o contrário da Escola Sem Partido não é a “escola com partido”.  É a #EscolaDemocrática. Por ela pautamos nossa atuação e nossa cobertura jornalística. Ela é que garante que a escola seja o palco de um dos mais importantes aprendizados para o livre debate das ideias, o aprendizado do debate e da convivência – sem imposições, sem censura, sem terror.

Destaques