MEMÓRIA

Projeto na UFSCar digitaliza jornais dos séculos 19 e 20

Iniciativa facilitará o acesso de pesquisadores a informações sobre a história de São Carlos e região


Foto: (Ricardo Biscalchin / UEIM-UFSCar)

A UEIM (Unidade Especial de Informação e Memória) da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) realiza um processo de digitalização de jornais de São Carlos (SP) dos séculos 19 e 20.

O processo está sendo feito por meio de scanner, adquirido com apoio da FAPESP em projeto da cientista política Carla Cristina Wrbieta Ferezin.

Segundo Ferezin, a digitalização facilitará o acesso de pesquisadores e de outros interessados a informações e documentos importantes para a história de São Carlos e de outras cidades da região.

Os jornais que estão sendo digitalizados foram descobertos no acervo da UEIM em um armário lacrado vindo do antigo Arquivo Histórico Contemporâneo.

Segundo o professor João Roberto Martins Filho, do Departamento de Ciências Sociais da UFSCar e coordenador da UEIM, o mais antigo exemplar encontrado é de 1877, da Tribuna de São Carlos.

“Na coleção existe também um exemplar raríssimo de um periódico socialista, o jornal O Lutador, de 1897, além de muitos documentos, como uma carta patente concedendo posto da Guarda Nacional a um cidadão da região, com data de 1892, e dois diplomas universitários, um deles de 1867”, disse Martins.

Ferezin conta que já foi feita a digitalização de periódicos do Exército brasileiro, “de muito interesse de pesquisadores, datados também do fim do século 19 e início do 20, como A Defesa Nacional e a Revista do Exército Brasileiro”. A pesquisadora acrescenta que um dos próximos passos do projeto será disponibilizar os jornais em plataformas digitais abertas ao público. 

 

Destaques