XXIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Podcast: ouça dicas de professor de Constitucional para 2ª fase da OAB

Coordenador da área no Damásio Educacional, Erival Oliveira fala sobre estratégia de resolução das questões da prova que acontecerá no dia 17 de setembro

Dividir bem o tempo de prova para não deixar de lado as questões. Esta é a principal dica de Erival Oliveira, coordenador de área de Direito Constitucional, para a segunda fase do XXIII Exame da OAB.

“Na prova de segunda fase é só ter calma. Separe a folha oficial da folha de rascunho. No rascunho faça o esquema de peça. Três horas para a peça, meia hora para cada questão. Ênfase nas questões. Tem muita gente que relaxa nas questões e acaba sendo reprovado”, alerta o professor.

Oliveira gravou, com exclusividade para o Painel Acadêmico, um podcast com as principais dicas para a prova de Constitucional, que será aplicada no dia 17 de setembro. Ouça abaixo as orientações na íntegra:

Segundo o especialista, os alunos devem escrever o máximo de informações possíveis nas respostas das questões.

“Não sabe o que foi perguntado? Parafraseie a pergunta na resposta. Busque um fundamento na Constituição para aquilo que foi perguntado”, orienta Oliveira.

Podcasts Especiais

As provas de segunda fase do XXIII Exame da OAB devem ser aplicadas no dia 17 de setembro, a partir das 13 horas (horário de Brasília), em todos os estados do país. 

Em parceria com o Damásio Educacional, o Painel Acadêmico publicará nos próximos dias podcasts exclusivos com dicas de especialistas sobre as áreas que serão cobradas nesta etapa do Exame.

A prova é formada por uma peça, no valor de 5 pontos, e quatro questões, no valor de 1,25 cada. Para ser aprovado, é preciso alcançar no mínimo seis pontos. 

Desde que foi criado, em março de 2015, o Painel Acadêmico só cresceu. Enfrentando diversas dificuldades, conquistamos todos os dias novos leitores com nossa produção jornalística independente e linha editorial de permanente defesa do acesso ao conhecimento de qualidade para todos os brasileiros. Para seguir com a missão não só de informar sobre os principais acontecimentos na área, mas sobretudo de diminuir a distância entre a produção acadêmica e o grande público, precisamos da sua ajuda.
Saiba como apoiar nosso projeto jornalístico independente sobre Educação.
Quem contribui ganha livros e descontos: