XXII EXAME DE ORDEM

Empresarial: atenção aos estudos de procedimento especial para 2ª fase da OAB

Nos últimos dias antes da prova, Elisabete Vido, coordenadora de área do Damásio Educacional, indica o que não pode ser deixado de lado pelos candidatos; ouça podcast

Os candidatos que participarão da prova de Direito Empresarial na segunda fase do XXII Exame da OAB, devem estar atentos às peças de procedimento especial. É o que aponta Elisabete Vido, coordenadora da área no Damásio Educacional.

“É importante tomar cuidado com aquelas peças de procedimento especial, como a de solução parcial de sociedade cumulada com apuração e haveres”, afirma. “Atenção que, neste caso, na exclusão, quem entra com a ação é a sociedade. Se fosse retirada ou morte, é o sócio interessado ou o representante do espólio que vai entrar com esta ação”, continua.

Elisabete gravou podcast exclusivo para o Painel Acadêmico com orientações pontuais do que deve ser revisado pelos candidatos nos últimos dias de estudo para a prova do próximo domingo (28/5). Ouça as dicas na íntegra:

“Outro tema especial é aquele relacionado com a falência e com a recuperação. As peças previstas na Lei 11.101 de 2005. Por exemplo, a homologação de recuperação extrajudicial e todos os recursos ali previstos, como Agravo na recuperação e Agravo da decretação da falência”, afirma.

Segundo a professora, também é importante lembrar que, no caso de procedimento comum, o candidato deve seguir a estrutura do artigo 319 do CPC (Código de Processo Civil).

Podcasts especiais | Reta Final

As provas de segunda fase do XXII Exame da OAB devem ser aplicadas no dia 28 de maio, a partir das 13 horas (horário de Brasília), em todo país. Esta é a última etapa que separa os bacharéis em Direito da carteira profissional que os habilita para o exercício da advocacia.

Nos próximos dias, o Painel Acadêmico publicará, em parceria com o Damásio Educacional, podcasts exclusivos com dicas de especialistas nas sete áreas que serão cobradas no Exame de Ordem.

Para ser aprovado nesta etapa do Exame, é preciso alcançar a nota mínima de seis pontos. A prova é composta por uma peça, no valor de 5 pontos, e quatro questões, no valor de 1,25 cada.

Desde que foi criado, em março de 2015, o Painel Acadêmico só cresceu. Enfrentando diversas dificuldades, conquistamos todos os dias novos leitores com nossa produção jornalística independente e linha editorial de permanente defesa do acesso ao conhecimento de qualidade para todos os brasileiros. Para seguir com a missão não só de informar sobre os principais acontecimentos na área, mas sobretudo de diminuir a distância entre a produção acadêmica e o grande público, precisamos da sua ajuda.
Saiba como apoiar nosso projeto jornalístico independente sobre Educação.
Quem contribui ganha livros e descontos: