Sem lista de aprovados, OAB libera consulta do resultado da 1ª fase do XXI Exame de Ordem

Entidade quebrou tradição e não publicou a relação com os nomes dos aprovados para a 2ª fase

Nesta quinta-feira (8/12), a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) liberou a consulta individual para o resultado preliminar da 1ª fase do XXI Exame de Ordem. Para avançar à próxima etapa, os candidatos deveriam acertar ao menos 40 das 80 questões de múltipla escolha da prova.

Tradicionalmente, o resultado preliminar, além da consulta individual é divulgado por meio de uma lista que relaciona os aprovados em cada seccional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em todo país. Neste Exame, no entanto, apenas a consulta individual foi liberada.

Em entrevistas concedidas ao Painel Acadêmico, logo depois da prova, professores do Damásio Educacional apontaram que a prova aplicada no dia 27 de novembro cobrou temas considerados 'incomuns' em questões de diversas áreas do Direito. De acordo com os especialistas, as novidades poderiam reduzir o número de candidatos aprovados para a 2ª etapa do XXI Exame

A consulta individual pode ser realizada AQUI.

O prazo para interposição de recursos será aberto nesta sexta-feira (9/12), ao meio-dia, e finalizado no próximo domingo (12/12).

As manifestações contra as questões da prova devem ser enviadas pelos candidatos por meio do site da FGV (Fundação Getúlio Vargas), a organizadora do Exame.

Segundo a equipe de especialistas do Damásio Educacional, ao menos duas questões da prova podem ser anuladas. Saiba mais neste link.

A lista final de aprovados, após a consideração de todos os recursos, será divulgada pela OAB no próximo dia 23.

Aprovados na 1ª fase e habilitados pela repescagem do XX Exame, os candidatos classificados deverão fazer a prova de 2ª fase apenas no ano que vem, no dia 22 de janeiro. 

Desde que foi criado, em março de 2015, o Painel Acadêmico só cresceu. Enfrentando diversas dificuldades, conquistamos todos os dias novos leitores com nossa produção jornalística independente e linha editorial de permanente defesa do acesso ao conhecimento de qualidade para todos os brasileiros. Para seguir com a missão não só de informar sobre os principais acontecimentos na área, mas sobretudo de diminuir a distância entre a produção acadêmica e o grande público, precisamos da sua ajuda.
Saiba como apoiar nosso projeto jornalístico independente sobre Educação.
Quem contribui ganha livros e descontos: