EU PASSEI

Leonardo Mendonça: 'não dê atenção para quem duvida do seu potencial'

Aprovado antes mesmo de terminar o curso, Leonardo conta como foi sua preparação para o Exame da OAB

Nome: Leonardo Azevedo de Mendonça

Estudei na: Universidade Paulista (Unip)

Concluirá o curso em: dezembro de 2015

Decidi fazer Direito porque: Tive meu primeiro contato com Ciências Jurídicas aos 16 anos de idade, quando estudava no Centro Paula Souza, no curso técnico em Administração de Empresas, e instantaneamente me apaixonei pelo pouco que tive de Direito Constitucional no curso. Aos 17 anos, quando já havia concluído meu ensino médio e técnico, iniciei minha graduação no curso de direito.

Minhas disciplinas preferidas eram: Acredito que o curso de direito envolvente por completo, porém durante minha graduação sempre tive maior atração por Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Penal, Difusos e Coletivos.

Como organizava meu tempo de estudo: Nos primeiros anos de faculdade era bem difícil, pois sempre conciliei trabalho e faculdade. Já conciliei, inclusive, dois estágios, um em escritório e um voluntário no Juizado Especial Cível com a faculdade. Então era preciso ler no ônibus, trem, e complementar aos finais de semana com leitura da lei e assistindo vídeo aulas.

Para a primeira fase da OAB, como estava trabalhando e estudando, optei em fazer cursinho aos sábados no Damásio Educacional aos sábados. Foi muito importante, pois tive revisão e complemento de matérias que não consegui absorver muito bem na faculdade (ajudou tanto em minha aprovação na primeira fase do exame da OAB como em minha aprovação na primeira fase do concurso de Analista do Ministério Público de São Paulo);

Na segunda fase, optei por comprar um livro de Prática Constitucional do professor Erival Oliveira. Fiz todas as peças do livro, e revisei toda parte teórica de Direito Constitucional que o livro trazia e deu tudo certo.

Meu primeiro emprego: Ingressei como Servidor Público na Defensoria Pública do Estado de São Paulo aos 22 anos, no quarto ano de faculdade (meu atual emprego), me apaixonei pela instituição.

Minha dica para quem vai prestar o próximo Exame de Ordem:

Na primeira fase do exame da ordem:

- Verifique todas as matérias que caem no exame, as que tem maior quantidade de questões, e dessas estude as que você mais gosta e as que você tem mais dificuldade (Eu particularmente não estudei direito empresarial e tributário e não me prejudicou);

- Leia a lei e faça resumos, (não dá tempo de ler doutrina), e em caso de dúvidas procure assistir vídeo aulas, no Youtube tem várias disponíveis gratuitamente, é só pesquisar pelo tema da matéria que aparece;

- Evite situações de estresse, não dê atenção para pessoas desagradáveis da família, trabalho e faculdade que duvidam do seu potencial e siga em frente;

- Procure descontrair quando achar que precisa, excesso de estudo sem descontração não me ajudou em nada, por isso saia pelo menos uma vez na semana para conversar com amigos;

- Afaste-se de amizades que trazem dores de cabeça e tenha como foco principal nesta época da sua vida a aprovação no exame da ordem;

- Compre livro com questões ou faça questões das provas anteriores pela internet, assim você poderá saber em quais matérias está com maior dificuldade e dedicar mais tempo a elas;

Na segunda fase recomendo:

- Compre um livro de prática, faça TODAS as peças da matéria que escolheu e tenha certeza que você já visualizou a estrutura de todas, pois isso é essencial na hora da prova;

- Não se preocupe muito com o rascunho da peça, pois na hora de passar a limpo será sua chance de revisar tudo novamente e na segunda fase o tempo É CURTO;

- Transcreva peças e tente faze-las em tempo razoável, pois no dia da prova a peça demanda muito esforço e tem que dar tempo de fazer as questões;

- Na hora de responder as questões tente responder TODAS, pois qualquer meio ponto faz a diferença na hora da correção, as que você não achar a fundamentação completa responda mesmo assim, pois pode ser considerado algum ponto.

- Depois de um ano bem corrido, fui aprovado na primeira tentativa do exame da ordem no 10º semestre da faculdade, acertei 48 questões na primeira fase e tirei 7,5 na segunda fase.

Em síntese, é corrido, não tem receita mágica, mais é possível!

Basta apenas ter foco e força de vontade e não se esquecer que a aprovação no exame da ordem é apenas o primeiro passo de muitos.