LIVROS

À espera da verdade

Empresários, juristas e elite transnacional história de civis que fizeram a ditatura militar

A produção acadêmica no Brasil sobre a participação de civis no conluio e na consolidação da ditadura bonapartista que se abateu sobre o Brasil no período de 1964 a 1985 ainda é muito escassa e pouco difundida, o que, por si só, justifica a publicação da presente obra.

Por outro lado, as reflexões contidas no livro rememoram um passado recente cujos protagonistas hegemônicos – empresários, juristas, elite transnacional - ceifaram de forma indelével a frágil articulação da sociedade civil, recém-emergente naqueles idos dos anos de 1950, ainda no rescaldo do bonapartismo varguista.

Apreende-se da leitura dos textos como agem, antes e em todos os tempos de nossa história republicana, tais protagonistas civis, cuja fragilidade é inerente ao tardio capitalismo, e como se respaldam nas forças armadas para fazer valer seus interesses de classe em nome dos valores universais da sociedade brasileira, transmutando a institucionalidade do Estado em um organismo esquizofrênico cuja máxima parece ser: o Estado contra o povo, particularmente contra aqueles cujas demandas são afeitas à inclusão na dita democracia.

No interior dos itens que compõem o livro, tal perspectiva se enuncia - Antes do golpe, O Direito na Ditadura, Empresas, Relações internacionais, A Comissão Nacional da Verdade e o futuro - e comprova que, quando se toca na essencialidade de um problema, não é necessário alongar-se muito: poucas palavras dizem muito.

Obrigado,
Vera Lucia Vieira puc - sp

Sobre os autores:

Joana Monteleone é editora e doutora em História Econômica pela Universidade de São Paulo, autora de Sabores Urbanos (Alameda). Atualmente, faz pós-doutorado na Universidade Federal de São Paulo.

Haroldo Ceravolo Sereza é jornalista, formado pela ECA-USP, e doutor em Letras pela Universidade de São Paulo. É autor do livro Florestan - A Inteligência Militante (Boitempo).

Vitor Sion é jornalista e mestrando em Relações Internacionais pelo Programa de Pós-Graduação San Tiago Dantas (Unesp/PUC/Unicamp), em que estuda a política externa do governo Castello Branco (1964-1967). Foi editor do site “Opera Mundi” e repórter de economia no jornal “Folha de S.Paulo”. É autor de dois livros: É Tri e 3X Tri - De Pelé a Neymar, a supremacia do alvinegro praiano no Campeonato Paulista.

Felipe Amorim é formado em Jornalismo pela Cásper Líbero e Relações Internacionais pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo). Atuou nos veículos “Última Instância” e “Revista Samuel”. Foi editor do portal de notícias internacionais “Opera Mundi”.

Rodolfo Costa Machado é bacharel pela Faculdade de Direito da Puc-SP. Em 2010, foi aluno-visitante na Espanha da Facultad de Derecho de la Universidad de Salamanca, durante o primeiro semestre de 2008. Ao final de 2015, defendeu mestrado em História Social pela PUC-SP, intitulado Alfredo Buzaid e a contrarrevolução burguesa de 1964: crítica histórico-imanente da ideologia do direito, da política e do Estado de Justiça bonapartista.

Livro: À espera da verdade – Empresários, jurista e elite transnacional  
Assunto: História
Autor: Vários
Edição: Alameda (tel.: 11 3012-2400)
Preço: R$ 49,00 (304 páginas) – 14 x 21 – Brochura – 320 g.
Profundidade: 1,5 cm
ISBN: 978-85-7939-347-1

 

 

Confira