AULA PÚBLICA OPERA MUNDI

Aula Pública: O Direito da ditadura ainda está entre nós?

Bacharel em Direito e mestre em história social pela PUC-SP, Rodolfo Machado analisa a influência do regime militar no sistema judiciário brasileiro

Opera Mundi TV

Rodolfo Machado explica como sistema judiciário brasileiro foi influenciado pelo regime militar

No quarto episódio da nova temporada da Aula Pública Opera Mundi, Rodolfo Machado, bacharel em Direito e mestre em história social pela PUC-SP, discute a relação entre a ditadura militar e o sistema judiciário brasileiro. Um dos autores do livro À espera da verdade: empresários, juristas e elite transnacional - histórias de civis que fizeram a Ditadura Militar (Alameda, 302 pgs., R$49), Machado acredita que, com o golpe de 1964, o sistema político e jurídico passou a atender interesses do capital financeiro e das elites econômicas do país.

 


"Há em 1964 no Brasil uma fratura na Constituição de 1946. Na ocasião, setores mais retrógrados e arcaicos dão um golpe para barrar as movimentações de massa. E eles se autonomeiam revolucionários para permitir um mecanismo que funda o ato institucional de 1964, instaurando um poder constituinte originário. Com essa ação, eles podiam mexer na ordem jurídica como eles quisessem sem se preocupar com a Constituição. Muito desse arcabouço ainda permanece na Constituição atual", explica Rodolfo.

Assista ao primeiro bloco da Aulla Pública com Rodolfo Machado: O Direito da Ditadura ainda está entre nós?


Na segunda parte da Aula Pública, Rodolfo Machado responde perguntas do público da Universidade Metodista, em São Bernardo do Campo

 

À Espera da Verdade – Empresários, juristas e elite transnacional – histórias de civis que fizeram a ditadura militar
Autores: Joana Monteleone, Haroldo Ceravolo, Vitor Sion, Felipe Amorim, Rodolfo Machado.
Preço: R$ 49.
Páginas: 302.
Clique aqui para comprar.

 

Destaques

Últimas notícias